Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Casa Seixas


Construção no início do século XX, edificada sobre o antigo forte de S. Catarina, ou Baluarte da Foz, da qual que se pode ainda ver os restos da muralha original, quando observamos o edifício a partir do pontão em frente.
Funciona hoje como messe de oficiais da Marinha, tendo mantido grande parte da beleza e fausto no seu interior.
Esta casa é um dos mais emblemáticos edifícios existentes em Cascais. De realçar os elementos decorativos, com temas ligados ao mar, onde não falta uma caravela que se destaca do edifício.


publicado por projectocascais às 23:03
link do post | comentar | favorito

Forte Velho do Guincho

Forte militar de defesa da costa construído no século XVII.
Com uma arquitectura militar maneirista, o Forte tem uma planta rectangular, com a bateria voltada ao mar e a casa-forte virada a terra.
As fachadas têm uma grande sobriedade e o frontispício é apenas rasgado por um portal com um arco de volta perfeita, encimado pelas armas de Portugal e a coroa.

Ergue-se junto ao mar, num local isolado entre a praia do Guincho e do Abano.
O Forte é visível para quem circula na estrada junto à praia do Guincho, destacando-se sobre o maciço rochoso e dominando o acesso a esta praia e também à do Abano, numa clara demonstração da capacidade dos estrategas que estudaram a defesa da nossa costa. Actualmente encontra-se devoluto e é propriedade estatal.


publicado por projectocascais às 23:00
link do post | comentar | favorito

Marégrafo de Cascais

Construído no século XIX, por A. Borrel, o edifício do Marégrafo de Cascais apresenta uma típica arquitectura civil oitocentista.
No seu interior, encontra-se o marégrafo, um sistema mecânico com base em bóias, rodas dentadas e um mecanismo de relógio que serve para medir as marés.

Este terá sido um dos primeiros observatórios europeus para o estudo das correntes e marés e ainda hoje se encontra em funcionamento. O primeiro marégrafo de Cascais foi instalado em 1882, na rocha a Este da Fortaleza da Cidadela, tendo mudado para o local actual ( a cerca de 30 metros) em 23 de Agosto de 1900. O sistema foi construído em 1877.

A longevidade e qualidade de dados do Marégrafo de Cascais permitem avaliar o movimento vertical relativo das massas oceânicas.
Com um enquadramento urbano destacado na zona ribeirinha, o marégrafo está instalado na extremidade de uma plataforma, perpendicular à costa e à alameda contígua à Cidadela de Nossa Senhora da Luz, a sudoeste da enseada de Cascais, junto ao edifício sede do Clube Naval de Cascais.
O monumento é propriedade pública estatal.


publicado por projectocascais às 11:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

A nossa agenda de Novembro/Dezembro 2007



Para aceder à agenda completa clique no link abaixo:

www.cm-cascais.pt/Cascais/Agenda/

tags:

publicado por projectocascais às 20:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

CCC - Centro Cultural de Cascais

 O Centro Cultural de Cascais encontra-se instalado na "Casa Cor-de-Rosa", antigo Convento de Nossa Senhora da Piedade.

A edificação deste Convento foi iniciativa do IV Conde de Monsanto, D. António de Castro, que nele desejava instalar o primeiro Colégio Português de Filosofia, tendo as obras sido concluídas em 1641. A história do Convento, até 1834, está descrita na Crónica das Carmelitas Descalças, ordem religiosa que o ocupou até essa data. Quando, nesse ano, as ordens religiosas foram extintas, o Convento ficou votado ao abandono e em ruína. Depois de passar por diversos proprietários foi adquirido pelo Visconde da Gandarinha, em finais do século XIX, que ali mandou instalar o seu palácio de veraneio, loteando os terrenos circundantes.

Já em meados do século XX o edifício foi adquirido pela família Espírito Santo e, em 1977, a Câmara Municipal de Cascais tomou posse, por escritura de doação, da Sociedade Casas da Gandarinha SARL, com a salvaguarda da gestão da capela pela autoridade esclesiástica local.

 

O novo Centro Cultural de Cascais abriu as suas portas a 15 de Maio de 2000, revelando-se um espaço multifuncional.

 

Principais características:

- Espaço multidisciplinar, especialmente vocacionado para as artes plásticas, mas cuja polivalência poderá ser testada em seminários, concertos, espectáculos, etc.

- O quarto maior espaço do país em área coberta para exposições, com uma área total de 3.733 m2:

- O Centro dispõe de uma Capela, com um auditório multifuncional onde se poderão realizar conferências, seminários, pequenos concertos de música, performances e exposições que exijam amplo pé direito, sem inviabilizar a sua vocação inicial de prática de culto religioso, já que, na remodelação a que foi sujeita manteve-se a possibilidade de celebrar culto ao mesmo tempo que se procurou criar condições para a montagem de exposições.

- A parte nobre do edifício integra três grandes áreas para exposição, apetrechadas com os mais sofisticados meios técnicos em vertentes tão sensíveis como a iluminação, com sistema natural e artificial de luz na área de exposições; isolamento acústico, segurança contra intrusão e incêndio, sonoridade com um sistema de altifalantes criteriosamente distribuídos pelo edifício que asseguram uma boa qualidade sonora;

- Áreas de Lazer: cafetaria, lojas, esplanada, valorizadas por um pátio que recebe luz natural.

 

Já se realizaram neste espaço, exposições de obras de Picasso, Júlio Pomar, Daumier, José Rodrigues, René Bertholo, António Dacosta, Arroyo, Konstantin Bessmertny, Jules Maidoff, João Abel Manta e Nadir Afonso, entre outros.

 

 

Centro Cultural de Cascais

3ª a Domingo - das 10h às 18.00h

Avª. Rei Humberto II de Itália, S/N  2750-641 CASCAIS

Tel.: 214848900


publicado por projectocascais às 12:49
link do post | comentar | favorito

Auditório Fernando Lopes-Graça

Como espaço privilegiado para a realização de espectáculos ao ar livre, destaca-se o Auditório Fernando Lopes - Graça / Parque Palmela. O primeiro auditório ao ar livre com concha acústica, construído em Portugal, e um dos maiores na Península Ibérica. Este novo espaço, inaugurado em 1997, coloca Cascais na rota dos acontecimentos Internacionais.

Principais características:
- Auditório ao ar livre;
- Plateia com cerca de 1000 lugares;
- Palco coberto com 14 m de largura de boca de cena e 14m de profundidade, equipado com concha acústica articulável, projectada de forma a garantir polivalência em função do tipo de concerto e respectivo equipamento;
- O auditório está preparado para poder funcionar durante os meses de Inverno, já que a possibilidade de fechar o palco, permite transformá-lo num pequeno auditório com capacidade para cerca de 200 espectadores, onde se podem realizar espectáculos de pequena dimensão;
- Camarins sob o palco, em zona semi-enterrada, com capacidade para 120 pessoas.

Principais Utilizações:

- Orquestras sinfónicas
- Orquestras filarmónicas
- Orquestras de Câmara
- Bandas
- Orquestras ligeiras
- Grupos de jazz
- Grupos corais
- Companhias de teatro
- Espectáculos de Fado

 Auditório Fernando Lopes-Graça - Parque Palmela/Cascais
Parque Palmela, Av. Marginal (junto ao Hotel Estoril-Sol)
2750 Cascais
Tel.: 214825447
animacao.cultural@cm-cascais.pt


publicado por projectocascais às 12:47
link do post | comentar | favorito

Casa de Santa Maria


A Casa de Santa Maria, adquirida pela Câmara Municipal de Cascais à família Espírito Santo em Outubro de 2004, é uma construção de 1902 e constitui uma das mais emblemáticas obras do arquitecto Raul Lino, que iniciou a sua carreira precisamente no concelho de Cascais, projectando uma série de casas para alguns amigos. Indissociável da paisagem de Cascais, no conjunto que forma com o Farol de Santa Marta e o Museu Conde de Castro Guimarães, esta casa está também ligada à vivência desta vila de pescadores, que entra na história como retiro preferido de reis e aristocratas exilados, vítimas das grandes convulsões políticas que abalaram o século XX.


Por volta de 1917, a propriedade foi vendida ao engenheiro José Lino
Júnior, irmão mais velho do arquitecto Raul Lino.


Mais tarde, em 1925, a casa foi adquirida pela família Espírito Santo, que nela recebeu a visita de personalidades ilustres, como a Grã-duquesa Carlota do Luxemburgo e a sua família, os Condes de Barcelona, o Rei Umberto II de Itália, os Duques de Windsor, entre outras.




Projectada em comprimento, a Casa de Santa Maria é constituída por uma sucessão de compartimentos, resultado de um exercício de crescimento bem idealizado. No seu interior destaca-se a articulação de uma série de elementos, ressaltando um elevado número de azulejos figurativos e de padrão, tanto de iconografia campestre como religiosa, e o tecto de madeira pintado a óleo, que foi adaptado à sala de jantar. A existência de tão rica e diversificada colecção de azulejos – painéis como a Purificação de Nossa Senhora, a Fuga para o Egipto, a Virgem com Jesus e São João Meninos, a Circuncisão, Jesus entre os Doutores, Nossa Senhora costurando e os tectos de madeira pintados – revelam uma valia patrimonial indiscutível, visto tratar-se de repertório artístico do barroco português.


Num futuro breve, a Câmara Municipal de Cascais pretende adaptar a Casa de Santa Maria à evocação da memória de Raul Lino, um dos arquitectos portugueses mais importantes do século XX, e à temática da arquitectura de veraneio, englobando referências a outros arquitectos e artistas que tiveram influência na imagem arquitectónica do concelho.


Actualmente, a Casa de Santa Maria tem patente a exposição “A Casa de Santa Maria, Raul Lino e Cascais”, que deu igualmente origem a um catálogo, para o qual colaboraram especialistas no estudo da obra de Raul Lino e da arquitectura portuguesa do século XX. O espaço acolhe regularmente conferências e apresentações de livros, bem como a realização de exposições temporárias e cursos livres.


Contactos:

Rua do Farol de Santa Marta
2750-341 Cascais
Telefone: 214815382
Telemóvel: 912414743
E-mail: dmus@cm-cascais.pt

 

Horário: 3ª feira a domingo das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00
Visitas guiadas para grupos (máximo de 25 pessoas) mediante marcação pelo telefone: 214815382


publicado por projectocascais às 12:33
link do post | comentar | favorito

Farol - Museu Santa Marta

Como “prometido” (no blog principal, onde colocámos uma fotografia deste farol, ao final da tarde) apresentamos agora um texto que dá a conhecer, ao pormenor, o farol de Santa Marta.
 
Com projecto de arquitectura da autoria de Francisco Aires Mateus e Manuel Aires Mateus e programa museológico da responsabilidade de Joaquim Boiça, o Farol-Museu de Santa Marta nasceu a partir do forte e farol com o mesmo nome, fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Cascais e o Estado Maior da Armada Portuguesa.

As obras de adaptação às novas funções tiveram início em 2006, promovendo a requalificação e conversão do Forte e Farol de Santa Marta em espaço de cultura e lazer, embora mantendo as suas funções de sinalização costeira, sob a direcção da Marinha, através da Direcção de Faróis.

Refira-se que a maioria das peças expostas foi restaurada e depositada pela Marinha Portuguesa/Direcção de Faróis, sendo constituída por exemplares que contribuem para uma melhor compreensão do funcionamento dos mecanismos dos faróis.
Inédito no país, o Farol-Museu oferece um espaço expositivo criado nas antigas residências dos faroleiros e que se divide em três pólos: dois núcleos expositivos e um auditório. O visitante tem ainda acesso às amplas plataformas (baterias do Forte) com vista para o mar e a espaços de recepção, centro de documentação e cafetaria.
 
Horário:
Verão (01 Maio a 30 Setembro) - Terça a Domingo, das 10 às 19 horas
Inverno (01 Outubro a 30 Abril) - Terça a Domingo, das 10 às 18 horas

publicado por projectocascais às 12:19
link do post | comentar | favorito

Biblioteca Municipal de Cascais - Casa da Horta da Quinta de Santa Clara



Inaugurada em 25 de Janeiro de 2001, a Biblioteca Municipal de Cascais - Casa da Horta da Quinta de Santa Clara situa-se num edifício datado do século XVIII, junto ao mercado de Cascais, apresentando-se como um espaço dinâmico que nada tem a ver com a antiga concepção dos espaços de leitura.

Destaca-se a sala de leitura ao ar livre, a horta pedagógica, o jardim dos odores e um acolhedor espaço para os mais novos: "Hora do Conto".

Principais características:
Nos 4 pisos que constituem o edifício encontram-se a funcionar os seguintes serviços:
Piso 2 - Gabinete de direcção e serviços técnicos;
Piso 1 - Salas de leitura, secção de periódicos, área multimédia, zona de auto-formação e depósito;
Piso 0 - Atendimento, secção infantil, "Hora do Conto", secção juvenil, sala polivalente, bar, sala de leitura ao ar livre, Horta e Jardim dos Odores;
Piso -1 - Arrecadação, casa das máquinas e recepção de documentos;

Serviços ao Utilizador:
Sala de referência, consulta local e empréstimo domiciliário de vários tipos de documentos (livros, cd's, vídeos); Facilidades de processamento de informação (utilização de software de edição e processamento de texto); Actividades de animação cultural diversificadas: Exposições, Colóquios, "Hora do Conto", Ateliers, Workshops, etc. Sector de auto-formação; Acesso à Internet

Biblioteca Municipal de Cascais - Casa da Horta da Quinta de Santa Clara
Av. Costa Pinto, n.º 27, Cascais 
2750-329 Cascais (junto ao Mercado de Cascais)
Tel: 214848711 / 214849523
Fax: 214849520
E-mail:
bchqsc@cm-cascais.pt

Verão (de 15 de Julho - 31 de Agosto)
2ª Feira - das 13H00 às 18H00
De 3ª a 6ª- das 10H00 às 19H00
Sábados - das 10H00 às 14H00

Encerra Domingos e Feriados

Inverno
2ª feira - das 13h00 às 19h00;
3ª a 6ª - das 10h00 às 19h00;
Sábados - das 10h00 às 13h00, das 14h00 às 18h00

Encerra aos Domingos e Feriados


publicado por projectocascais às 12:15
link do post | comentar | favorito

Moinho de Armação Tipo Americano -Alcabideche

Na segunda metade do século XIX, surge o moinho tipo americano. Eficaz e de fácil instalação, difundiu-se com sucesso, chegando a Portugal nas primeiras décadas do século XX. Estas estruturas ganharam esta denominação pelo facto de ostentarem uma armação metálica na cobertura do moinho, semelhante a uma casa de habitação e por se tratar de uma criação oriunda dos Estados Unidos da América. Em Cascais, a família Roquete, detentora de uma das principais empresas de construção de aeromotores a nível nacional, abraçou a ideia e desenvolveu-a de acordo com as necessidades e características do nosso concelho, introduzindo velas em chapa em forma de saco, aproveitando melhor a energia eólica num conceito de maximização da produção.


O Moinho de Alcabideche encontrava-se integrado na Quinta de S. Martinho, pertencente à família Pires Correia. Esta estrutura, cedida ao município no âmbito do Plano de Urbanização, para musealização e preservação de uma memória patrimonial, foi alvo de uma grande campanha de obras de reabilitação que respeitou na íntegra a sua traça original, permitindo o melhor entendimento da evolução dos processos tecnológicos.

Com a sua abertura a autarquia pretende dar a conhecer a importância dos moinhos como património a preservar, tendo em vista o entendimento das características do meio ambiente e os factores naturais e culturais que os envolvem, numa perspectiva de recuperação de memórias e de educação patrimonial.


HORÁRIO:
Funcionamento: De 2ª a 6ª feira das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00
Visitas: 2ª, 4ª e 6ª feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00
Mediante marcação previa para grupos a partir de 10 pessoas.


CONTACTOS:
Moinho de Armação Tipo Americano
Rua Guilherme Fernandes, loja A, lote 4
2755 Alcabideche
Tel.:/Fax: 214601763
E-mail:
gab.municipe@cm-cascais.pt
Site:
www.cm-cascais.pt


publicado por projectocascais às 11:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23
24

25
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Casa Seixas

. Forte Velho do Guincho

. Marégrafo de Cascais

. A nossa agenda de Novembr...

. CCC - Centro Cultural de ...

. Auditório Fernando Lopes-...

. Casa de Santa Maria

. Farol - Museu Santa Marta

. Biblioteca Municipal de C...

. Moinho de Armação Tipo Am...

.arquivos

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds